A Terra

A escolha dos terrenos onde a vinha cresce e o bago toma forma reveste-se de uma importância fundamental.
O terroir, como os franceses lhe chamam, é algo intraduzível e que na sua essência reflecte o conjunto de condições de clima e de solo que permitem uma determinada casta ter o seu comportamento específico e inimitável.

A actual área vitivinícola da Adega Mayor está concentrada na região de Campo Maior, Alto Alentejo, terra com ancestrais tradições na cultura da vinha e do olival.

A Adega Mayor insere-se numa herdade com uma área total de 350 hectares destacando-se na região pela relevância do seu património natural. Uma área de montado de azinho bem caracterizada à qual se aliam a vinha e o olival desenham esta paisagem alentejana.

O elevado número de azinheiras com mais de 100 anos, as galerias  ribeirinhas que permitem uma boa disponibilidade de água e a proximidade com áreas de paisagem protegida constituem focos de interesse pela biodiversidade que encerram: 71 espécies de fauna e 89 espécies flora, algumas com particular relevância.